sexta-feira, 28 de junho de 2013

O Mundo Imaginário de Mônica 2 - Episódio 46

A Luta,ao Longe,Parecia Acirrada,ao mesmo tempo,que os Deuses,pareciam abençoar o Time de Male,Através de uma Poderosa Aura Divina,Uma Aura Fantasmagórica,ainda maior, Percorria,o Corpo de seus Adversários,em Uníssono,Male,Murilo e Cristal,Pareciam Totalmente Vulneráveis,A Quebra do Feitiço Corporal,Havia sido permitida,Devido ao Enfraquecimento Divino,Isso,podia parecer Bom,diante,de um Lado,Mas ao mesmo tempo,Isso só Aumentava a  Fraqueza da Equipe de Male,e a Força do Time de Lulu,Male,Estava Soando Frequentemente, sem parar,Seus cabelos Louros,estavam Suados,Pois,esta estava gastando muita energia,Para Lançar Grandiosas Esferas de Luz,em Bawll e Gloris,ao mesmo Tempo,Mesmo,que estas aparecessem,nas ter nenhum Efeito,sobre os Dois Deuses,que se defendiam, Devidamente, Bawll,Parecia ter Duplicado de Tamanho,atingindo 3 metros de Altura,com facilidade,Fazendo seu Corpo,se Rodear.de Pura energia Fantasma,Energia,que este,desviara,através da Invocação de Raios e Tempestades,que faziam,do céu azul,uma Vista,Cinza nebulosa,Enquanto Gloris,Aumentara somente 1 metro a menos,que este,O que fizera com que fosse visível a percepção que esta estará a Usar a sua Beleza Hipnotica,Para Convocar Divinamente,Todas as Arvores e Rochas do Local,para que essas,Voassem velozmente,em direção a Entidade Male,mesmo,que parecessem desviar desta,sem causar nenhum efeito nesta,que estará Devidamente Protegida,com uma Aura de energia Divina quase inquebrável,Mesmo que os Raios de Bawll,Parecessem,Extremamente Poderosos,quase mais Poderosos,que os Efeitos de Gloris,Pois estes,pareciam quase quebrar a aura Divina da Ente,que  tentara ao Maximo, Verificar se seu amigos,estavam tendo a mesma Sorte – Ou azar – que ela,em batalha,e ao começo,não estavam Mal,Pois Murilo,agora,Completamente Formado,por energia Divina Transparecida,contornando antigos traços de sue corpo e Roupa,Como se este,fosse um fantasma Bípede,que Erguera Varios Tentáculos de energia Negra de seu Corpo,para protegê-lo de ataques traseiros,e o apoiar,como se fosse um aracnídeo,enquanto Lançava Discos de energia Mágica Preta,para tentar Conter Lulu,Mesmo que Não adiantasse,Pois,esta Desviara a Todos,com a força de seu Pensamento,parecendo incansável,e se aproximando,aos poucos de Murilo,através de levitação,Mesmo que uma gota de suor,estivesse escorrendo de seu rosto,Suor Dourado,o Suor divino,Eca!!!enquanto Criara em suas Mãos,Mãos robóticas gigantescas de energia Psíquica Vermelha,para desviar os ataques,de Murilo,como se fossem Folhas Outonais,Mesmo que este,de dez em dez discos de energia,Parecesse,conseguir  ferir,ou pelo menos cansar parte do corpo divino da Deusa,que agora,as vezes tombava,no seu caminho ao Hod,Já Cristal,Parecia se sair ainda Melhor,Lutando Contra Aan,Pois esta,Controlara através de sua Voz,Varias Criaturas Fantasmagóricas – espíritos da Natureza – que saltaram como demônios,de fendas Infernais,no Chão do Local,As lançando,em direção a Cristal,que Criara um campo de força Rosa em si Mesma,enquanto criava auras Pink,nos espíritos Animais,para que estes,Voltassem a ser Vivos,através do tempo,E Sumissem,no ar,através de um estalar de dedos da Entidade,que parecia ser Imune ao poder Persuasivo da Deusa Aan – Como deusa da Mentira,ela tinha esse poder –E Enquanto Nimbus,O Ilusionista,Tentara Manter a estrutura do Local,Intacta,através de uma Magia Celestial,que este Fizera,voando,no topo dos Céus,o Fazendo gastar Muita energia de seu estoque.
-Puf,Puf,Dá,pra Ajudar,aqui,Gata? – Disse Murilo,que parecia ser o que mais estava Cansado,dentre os Três,talvez,sua estrutura Mortal,não suportasse tanta energia Divina,Juntas,já que seus Poderes,não eram Mágicos,Não eram Divinos,Eram Físicos e absorvedores,além de que,aparentemente,os Poderes que este havia Absorvido de Agnes,penha e Sofia,a tempos,agora,Parecia estar enfraquecendo,perante a Força de Lu Kua.
-Eu não sei,de..Puf,Puf,vou conseguir Suportar a Deusa Cabeçuda,aqui,por muito tempo,Puf,Puf, - Disse Murilo,Bastante Suado,enquanto Gastara Boa Parte de sua Energia,Para Lançar a Deusa Escriba,através de energia Mágica,ao Longe da Floresta,quebrando varias arvores no Caminho,mesmo que esta,estivesse sorridente, logo,um Minuto depois,Voltando Vagarosamente,em direção ao Hod,como fizera da vez anterior,Mesmo,que estivesse Pouco cansada,sua Durabilidade era Muito Maior,se comparada a de um Hod,No Caso,O Fraco,Murilo.
-Argh,Vocês Humanos,São Mesmo,Muito Frágeis,Viu?Argh,Deixa Comigo,Gato!!! – Disse Cristal,enquanto Dissipara vários Espíritos animais recém encarnados,com Facilidade,Ao mesmo Tempo,que Aan,Convocara o Dobro destes,ainda maiores,e Mais Poderosos, Alguns,Pareciam,não ser Normais,Pareciam,Mitológicos,como Harpias,e Grifos,que,para Cristal,eram mais difíceis de Matar,que Animais Mortais,Mesmo,que não estivesse Muito cansada,por tal esforço a Mais,o que lhe assimilara a Aan,de ereta Forma,pois esta,também não parecia Muito Ferida,com os Raios Cor de rosa,Temporais,atirados nela,Por Cristal,pois eles,simplesmente,Faziam cortes Profundos,em seu Corpo,nada mais,fazendo escorrer um pouco de Icor,destes,Enquanto neste mesmo Período,Cristal,Tentara Ajudar Murilo, Dividindo seu Campo de força,em dois,e Prendendo Lulu,Facilmente,em uma esfera de energia Rosa Flutuante,mesmo que Lulu,não parecesse preocupada,estava bem difícil,para ela,quebrar tal estrutura Divina,Aparentemente,os Campos de Cristal,eram semi imunes a poderes mentais e Psíquicos,o que não era SÓ o que Lulu tinha na Manga.
-Puf,Puf,Valeu Garota Tempo,Puf,Puf,Pelo Visto,Isso vai Atrasar a “Luluzinha”Pelo menos Durante alguns Minutos!!! – Disse Murilo,Incredulamente Cansado,sem perceber,que o apelido que este inventara para a Deusa,era na verdade,se nome terreno,o que enfurecera,ainda mais a Morena,que enchera suas Mãos de socos de energia psíquica,Novamente,Dando Murros no Campo,sem parar,sem efeito,claro.
-Grrrrr,Aproveitando,sua Folga,Garoto Hod,Dá pra Me ajudar,aqui?Puf,Puf,Lutar Contra um Deus da Gordura e uma Deusa da Futilidade,Não é tão Fácil,quanto Parece,Viu? – Male,disse,E Aparentemente,ela Estava Realmente certa,Sua Aura Divina,agora Tremulava,assim como a de Murilo,e sua Aparência Canina,Já estava Praticamente desfeita,lhe sobrando,somente,um canino,na parte esquerda de seu Lábio Superior,Mesmo,ela não entendo,por que isso,acontecerá, Aparentemente Forças Divinas e Luz Celeste,Alternavam em magias negras.
-Argh,Puf,Puf,Não sei se eu Posso,ajudar Muito,viu  Linda,mas quem sabe,se você Cuidar da Gatinha aí,eu Possa bancar o Rei Davi,e Acabar com o Golias Balofo,de uma Vez...Grrr.... –Murilo,disse,Olhando Irritado,e Cansado,Para o Gigantesco Bawll,que alterara,o Clima,Mais uma Vez,Unindo,aos Céus nebulosos,Raios e Trovões,que mesmo,não atingindo Male,Pareciam,perturbar e Muito,a Aura e os sentidos Mentais da Ente,o que Fizera seus Poderes,falharem durante um segundo,mas voltarem logo,com mais força,a fazendo olhar,logo,para Murilo,que pegara ma pedra negra no chão,e usando um Pouco de energia mágica de seu estoque absorvido,para criar uma espécie de elástico,que Unido,a Rocha e uma madeira que este,vira a pouco,se transformaram em um hábil estilingue.
-Há,há,há,Não me Faça Rir,Baixinho,Quero Dizer...Você acha MESMO,que pode me deter,com uma PEDRA?Há,há,Há,Mesmo que conseguisse,eu Voltaria,Logo depois,Junto do Restante de  Nós,Nós,somos DEUSES,NUNCA morremos,mesmo que nos detivesse hoje,isso,é um simples aviso,que,vocês,serão os Próximos a serem Capturados,depois dos Deuses,e assim que derrota-los,Hoje,se Iniciara o começo de nosso Império. – Bawl Disse,aquilo podia ser só provocação,Mas Murilo sabia,que era verdade,se ele  CONSEGUISSE derrota-lo,agora,Logo,ele voltaria,com mais força,Talvez,pois Bianca,controlava os Espíritos,os Mortos,em geral,Se ela havia os enviado,ao Final,de uma Missão tão grotesca,quanto a do Tio Frankenstein,Não podia ser Boa coisa.Só podia ser uma DISTRAÇÃO.
-G-Gente,eu não quero Interromper,Mas..Puf,Magias de Estrutura Celestial,são Meio Cansativas,sabe?Puf,Puf,Principalmente,quando se trata,de uma luta de Deuses e Fantasmas,A-Argh,e quando você é APENAS um meio - mortal,com poder. – Disse Nimbus,Cansado,aparentemente,não Haviam notado o mesmo,ali,no começo imediato,da  Luta,mas ele estava lá,sustentando a Estrutura Divina do Local,Usando Todas as Suas Forças Mágicas,Para impedir,que aquilo Tudo,se dissipasse,em meio a tanto poder divino -. A-Argh,além disso,Não acha,que o Bawll,tem razão,Não,Murilo?Você...Puf,puf,Pode ser Ágil,mas não é Nem de perto,Tão forte,quanto uma UNHA do cara fofa,ai..AAAAh!!! – Disse Nimbus,aparentemente,ele estava ainda mais Cansado,que Murilo,Pois Murilo,era um Humano,com Sangue extra Dimensional,Mas Nimbus,não era nada mais,nada menos,que um meio Mortal,Com Sangue Mágico,Obscuro, - ele era Filho,de uma serva do Submundo e um mortal,mas aparentemente,só havia herdado,um Pouco da Magia do Pai Mortal,e Nenhum Poder Mega Divino de sua Mãe,Fantasmagórica .
-Grrrr....Talvez não uma simples Pedra,Meu Caro Balofo,Mas quem sabe uma GRANDE Pedra Anti – Almas,Possa Ajudar,e eu SEI,como convocar Uma,AGORA MESMO – Murilo Disse,Olhando para Male,que Logo entendeu o recado,Lançando uma Forte rajada de energia Luminescente,Poderosa o suficiente,Para Derrubar os dois deuses durante alguns segundos,Enquanto essa,realizara a Façanha,dos ditos do Hod.
-M-mas é Claro,Valeu Murilo,Fala sério,como não Pensei,Nisso Antes?Argh,espero que essas Cartas,Funcionem dessa Vez,Por favor Ulizz,só dessa Vez,me ajuda,ta legal? – Disse Male, Olhando para o Céu Negro,enquanto Tirara do Bolso de sua Jaqueta negra Rasgada,Uma Carta Verde Luminescente,com a silhueta...do Penadinho!!! – CORAÇÃO FANTASMA!!!!Força Suprema!!! – Male disse,mas por mais Incrível que parecesse,dessa Vez,a Imagem de sua Forma fantasma,não tremulou,como sua Forma de Lobisomem, Aparentemente, Somente ESSA cartaEstava Resistindo,aos efeitos Fantasmagóricos e Divinos daquela Luta, pelo menos, resistindo,mais que as Outras,e Transformando,Male,em segundos,Numa Garota Fantasma,Através de uma Enorme explosão Ectoplasmica verde,que Transformara a Roupa,desta,POR COMPLETO,Fazendo,de seu vestido Verde Rasgado,Seus cabelos Loiros,Presos,e sua Jaqueta de couro Negra,Mofada,em uma Bela Armadura Prata e Verde,feminina,com aspectos de Fantasma,com Ombreiras,Botas e uma saia,verde sobre um belo Traje Prateado,e um Capacete verde,que esta Usara,sobre o Rosto,que parecia ter garras,tapando seu raiz e Boca,mas deixando a mostra,seus cabelos,em um rabo de cavalo,alto.Dourado,com varias Pontas Prateadas,decorando cada fio Loiro,de sua cabeleira.

-Agora,sim..Este,é o SEU FIM,deus Fantasmagórico,Seu VERDADEIRO fim!!! – Male disse,Invocando,energia Ectoplasmatica,verde,de suas Mãos,Cor,que contornara,por completo,suas Pupilas,e todo o seu olhar transparecido.

domingo, 5 de maio de 2013

Capa e Quarta Capa da Luluzinha Teen #48!


Luluzinha Teen #48 - Zico está de Volta!


Zico está de volta! E dessa vez pode ser pra valer… O garanhão da Zona Norte volta a Liberta para abalar as relações entre Lulu e Bola… Se é que elas existem! Zico aparece por causa do sequestro de Plínio e se dispõe a ajudar a detetive Lulu Palhares a seguir todas as pistas e desvendar o que aconteceu. Com direito a muitos passeios de moto eletrizantes, esse casal vai deixar nosso amigo Bolacheio de ciúmes. Hein?! Mas ele gosta mesmo da Lulu ou da Glorinha??? Pois é… Parece que Bola percebe que está realmente apaixonado por Lulu e abre seu coração com Aninha. Logicamente, leitores, assim como vocês, Aninha não aguenta mais essa enrolação!!!
Como em toda boa investigação, o Tarântula Tel-Aviv ressurge. Será que ele conseguirá desvendar esse caso? Imaginem que até mesmo o malvado Massimo Malignus está na lista dos suspeitos… Enquanto Bola,FINALMENTE, fala abertamente sobre o que sente por Lulu com Aninha, nossa heroína e Zico vivem momentos de tirar o fôlego em busca de Plínio. Será que Zico vai tentar conquistar Lulu novamente? Será que ela ainda sente alguma coisa por ele? Será que dessa vez Bola tomará alguma atitude? E o Plínio sairá ileso desta enrascada?

Essas e outras respostas você descobrirá nessa aventura cheia de mistérios!

sábado, 27 de abril de 2013

O Mundo Imaginário de Mônica 2: Episódio 47

SAIBA +: O mundo imaginário de Mônica 2


Oi pessoal! Aqui é o Victor com mais um capítulo de “O Mundo Imaginário de Mônica 2”! O quadragésimo sétimo episódio tem mais “inimigos” para a galera, mas, uma proposta é feita... Será que eles estão mentindo? Male tem uma nova visão de seus serviços como “tenente” é “escolhida” dos deuses... É ainda, participação dos personagens de Luluzinha Teen é Sua Turma! Confiram:
- Quebrar? – Perguntou uma voz masculina atrás deles – A única coisa que queremos quebrar... SÃO VOCÊS!
- Argh, fala sério! – Disse Cristal, soprando uma mecha de seus cabelos – Eu estou cansada, sabiam? A gente não podia só ficar sentado é tomar um chá com biscoitos de morango?
- Nós fomos mandados por Bianca, a senhora do caos! Nós somos Lu Kua  - ele apontou para uma garota de cabelos castanhos encaracolados. Seus olhos estavam negros. O garoto era loiro e gordinho -, Bawl Aan, Gloris e Alvan! – Ele apontou para os outros amigos. Uma garota de cabelos violeta cortados no estilo de Cleopatra, uma garota loira de olhos azuis que usava um longo vestido com várias flores que floresciam ao seu redor é um garoto de cabelo ruivo arrepiado.
- Lu Kua? – Perguntou Nimbus, preocupado – Eu já ouvi esse nome antes...
 Antes que Male ou Cristal falassem algo, os olhos de Lu Kua – mais conhecida como Lulu – brilharam de raiva. Uma armadura vermelha se materializou em seu corpo.
- Todos já ouviram, Ilusionista! – Sua voz soou grave. Ela parecia ao mesmo tempo ansiosa para chorar é para matar alguém – Eu fui a primeira tenente de Moni Kaa! Eu sou a deusa da proteção! Sou a patrona da escrita!
- T-Tenente de Moni Kaa? – Perguntou Nimbus novamente – Ela quer o cargo de volta... N-Não é?
- O cargo de volta?? Gritou Lu KuaEla nos rebaixou a deuses menores! Ela disse que não merecíamos toda aquela liberdade divina, que havíamos ensinado coisas proibidas aos mortais...
- Coisas p-proibidas? – Perguntou Murilo – As artes s-são... P-Proibidas?
- Claro que não, lindinho... – Disse Gloris dando um beijo forçado na bochecha de Murilo – Eu, por exemplo, ensinei a vocês a como se arrumar, a seres mais belos... Posso ter causado a vaidade, mas se isso não existisse, seriam todos iguais não seriam? Pode parecer mentira, mas não haveria muitos dos seus instrumentos de trabalho de hoje... Graças aos meus ensinamentos a humanidade que vocês são o que são hoje é não homens brutos das cavernas...
- Vocês sabem que não são essas as suas atitudes erradas... – Gritou Cristal. Seus punhos estavam cerrados – Vocês são os criadores dos pecados! Vocês criaram o Jarro de Mary Nix para esconder os pecados dos deuses, mas os deixaram livres aos mortais...
- Ah, sim, O Jarro de Mary Nix... – Disse Aan (ou Aninha) com ar cauteloso e sábio. Ela havia inventado a mentira é a ira – Mas até a deusa aqui foi corrompida por nossa criação... Você não está escondendo nada de ninguém? Não está de nenhuma forma, mentindo? Não se acha superior a alguns de seus amigos por ser uma deusa?
- Você não sabe de nada, Aan! – Ela gritou, empurrando os amigos para longe dos outros deuses – Você está tentando me enganar, eu sei disso... Não vou me deixar levar por isso!
- Querendo te enganar? – Perguntou Alvan, que até o momento, não havia se manifestado. Ele havia criado a Inveja – Nós queremos um mundo livre, onde cada um pode fazer o que quiser...
- O que quiser? – Perguntou Murilo, pensando em tudo que poderia fazer se nao exisitisse o conceito de “bem” e “mal”. Lu Kua o olhava traiçoeiramente.
- Sim... Vocês consideram nossas criações “pecados”, mas são ideias para uma vida melhor... – Ela disse, tentando convencer o garoto. Ela havia criado o orgulho – Acredita em mim, príncipe?
- Eu… Eu acredito… - Ele disse, com a voz baixa. Male e Cristal se assustaram ao ouvir isso do amigo.
- Ouviu isso, filha de Ulliz? – Disse Aan, rindo – Ele acredita em nossas ideias... Estamos juntos para fazer do mundo... Um lugar melhor...
- Um lugar melhor? – Retrucou Cristal – Vocês apoiam Bianca, a rainha dos fantasmas!
- Rainha em ascensão, Cristal...  Disse Alvan pacificamente. Lu Kua e Gloris puxaram Murilo para o lado das duas.
- Querida, nós não apoiamos Bianca... – Disse Aan, ardilosa – Nós estamos do lado vencedor... Somos deuses, depois que a senhora dos fantasmas destruir todos os outros deuses, será fácil alcançar os nossos ideais...
- Até parece que vocês são o exemplo de pessoas que lutam por alcançar os seus ideais... – Male praticamente rosnou – Eu já estudei sobre vocês... Vocês já tentaram algo contra Ares Olla apenas para afetar Moni...
- Moni Kaa é ainda mais ardilosa que Mar Yan, deusa do caos... – Lu Kua disse – Quer apenas assumir os tronos do Sol e da Lua... Lembra-se de Amanda? Outra de suas tenentes... Você viu ela transformada em um monstro tetraphantos, não viu? Eu fui excluída assim que ela a encontrou... Ela era uma mortal, era descartável...
- De... Descartável? – Perguntou Male, se lembrando de que era a atual tenente de Moni Kaa é escolhida de Ulliz é Ivdbrasuil.
- Sente-se vulnerável, Entidade? – Perguntou Aan – Junte-se a nós e podemos te tornar uma grande deusa...
- Gr... Como vou saber se isto é verdade? – Rosnou Male – Você é a deusa da mentira! Nenhumas de suas palavras são verdadeiras...
- Acha mesmo? – Disse Gloris, passando a mão sobre o queixo de Murilo, que ria sobre os encantos da deusa da beleza, da luxuria é da vaidade – Dane-se! Nós podemos vencer... Apenas nós, Deuses! Vem conosco, Cristal?
- NÃO!  - Gritou – Preferimos morrer ao nos aliar a vocês!
- O que é isso, jovem? – Perguntou Bawl. Mesmo que eles aparentassem ter a mesma idade física, ele havia nascido muito antes que a filha de Ulliz.
- Mas se é isso que querem... É isso que vão ganhar!
 Os cinco deuses ficaram um ao lado do outro - deixando Murilo “protegido” – é soltaram uma risada esganiçada em uníssono. Disseram, juntos:
- ADEUS!
AAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHH
 É então? Uma nova luta começará... Desafios cada vez piores com vários personagens do universo de Mauricio de Sousa e da Pixel... Tchau pessoal!

Quarta Capa da Turma da Mônica Jovem #57

Link permanente da imagem incorporada

domingo, 21 de abril de 2013

O Mundo Imaginário de Mônica 2 - Episódio 46

SAIBA +: O mundo imaginário de Mônica 2

Oi pessoal! Aqui é o Victor com mais um capítulo de “O Mundo Imaginário de Mônica 2”, o seu quadragésimo sexto capítulo, o capitulo final entre a luta entre eles e o Frankenstein... Mas, será que eles vão acabar bem... ou mal? Só lendo para saber! Confiram:
- Lobisomem... Força Suprema! – Disse Murilo, soltando um sorriso entusiasmado no rosto – Ele é o melhor monstro daquela série de TV...
- Monstro de uma série de televisão? – Perguntou Cristal, ainda paralisada.
- É, gatinha! – Disse o príncipe, enquanto alguns sátiros se transformavam em pequenas palmeiras e as dríades retornavam a ser árvores que apodreciam – E pode ter certeza, você vai gostar mesmo de ver ele, q-quer dizer, ela, em...
 Male tenta empurrar Frankenstein no chão, mas ele nem se move. O ser esverdeado a segurou pelos braços. Ela gritava de dor – algo que soava como um uivo para a lua.
- G-Gata? Você tá bem?
- E-Eu estou... – Disse a entidade, que tentava retirar os braços do Frankenstein de suas mãos com chutes, mas, incrivelmente, ele não a soltava – Me larga, seu monstro! Me larga!
AAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHH
 O monstro a soltou, e ela caiu ajoelhada no chão, suando fortemente. Seus olhos estavam levemente avermelhados, Cristal a observava, aflita. Por mais que tentasse, não ia conseguir se mover, e muito menos, ajudar a amiga.
- Entidade é fraca! – Disse o monstro, rindo da garota – Frankenstein é forte!
- Força... Eu preciso de força... – Disse Male, tentando ficar em péEu preciso lutar!
 Male se levantou pulando alguns metros de altura, fazendo seu corpo brilhar sob a luz a Lua Cheia. Seus dentes caninos se tornaram mais afiados, ela desviava ferozmente de resíduos sólidos atirados pelo ser esverdeado.
- Escolhida de Ulliz luta bem! – Disse o Frankenstein, fazendo Cristal ficar pouco irritada ao ouvir o nome de seu pai – Mas nem mesmo um lobo pode vencer de Frankenstein!
- Lobos? – Disse Male, exibindo os caninos, enquanto algumas árvores tentavam se reagrupar perto do monstro – Força total, Árvores!
 As árvores avançaram no monstro, o fazendo cair no chão, causando mais algumas rachaduras no chão. O monstro parecia emanar eletricidade, fazendo algumas folhas queimarem e, mesmo que não atingissem diretamente os troncos, o fogo os faziam derreter.
- N-Não... – Disse Male, com os olhos lacrimejando – As árvores agonizam... Por favor! NÃO!
- Entidade está com peninha dos legumes? – Disse o monstro, parando de emanar eletricidade – Nem mesmo com a força dos deuses era forte, acha que apenas com um cachorrinho e algumas flores vai poder me vencer?
- Os deuses... Os deuses precisam de mim... – Disse a entidade e, mesmo que sentisse um forte formigamento na pele pelas árvores, ela avançou no monstro. Uma aura dourada a rodeavaRENDA-SE MONSTRO!
- Entidade está errada! – Disse o monstro, que não conseguia empurrar a entidade ou se levantar – Eu não me rendo... Você se rende!
 Frankenstein, ao acabar de dizer isso, cerrou os punhos e seu tom de pele começo a trocar de cor, se tingindo de verde-água. Seus cabelos negros se arrepiaram. Uma aura azulada começou a rodea-lo – eletricidade. Os raios elétricos acertaram a entidade e, mesmo que aquela fosse uma forma evoluída, ela ainda era uma “humana”.  A eletricidade começou a percorrer pelo seu corpo, e ela caiu no chão.
- MALE! – Murilo correu até Male, surpreendendo a deusa, já que nem mesmo ela conseguia quebrar o encantamento de Bel-Xá – O-O que você fez com ela?
- Frankenstein avisou! – Ele disse. Sua voz soava mais forte – Frankenstein mata!
 O monstro tentou avançar em Murilo, mas o príncipe se desviou rapidamente, indo parar no ar. Pouco antes de parar no chão, o HoD começou a travar uma luta física contra o ser verde-água, mas não parecia fazer muito efeito no adversário, apenas em si próprio.
 - Frankenstein é mentiroso! Frankenstein não vence! Murilo vence! – Disse Murilo, imitando o modo de falar do monstro, enquanto dava socos e chutes nas costas do monstro.
- Murilo... Cuidado... – Disse Cristal que observava a luta, se esforçando para se mover, suas asas batiam lentamente, mas mais nenhuma parte do seu corpo se movia.
- Cuidado? Ele precisa ter cuidado!  Todos que mexeram com a gente precisam tomar cuidado! Eu vou destruir todos eles! TODOS! – Disse Murilo, empurrando o monstro para a frente, que acertou uma sílfide que estava parada no ar, com uma mortalha esbranquiçada.
- Você não pode fazer isso! – Disse Cristal. Suas mãos conseguiam e mexer e seus cabelos se agitavam – É muito perigoso...
- Perigoso para eles, Cristal! – Disse o príncipe HoD – Eu aguentei tempo demais! Tempo demais!
 Murilo chutou o abdome do monstro e, antes que ele fizesse mais alguma coisa, caiu no chão, ao lado de Male, com os olhos desacordados.
- M-Murilo? – Disse Cristal, conseguindo, enfim, se mover. Seus olhos pareciam personificar raiva, dor e tristeza – M-Murilo... M-Male...
 Ela foi correndo até os amigos, até que uma névoa conseguiu a se manifestar em sua frente e, dela, surgiu Nimbus.
- Cristal, eu cuido deste monstro! – Ele disse, olhando para Male e Murilo, ambos desacordados – Você não vai mais provocar nenhum mal, Frankenstein!
- Você não pode me obrigar a fazer nada, mago de araque! – Disse o monstro, apontando para o ilusionista, fazendo com que um raio fosse a sua direção, mas, antes de o acertar, Nimbus fechou os punhos e a rajada de eletricidade se “estilhaçou” – Mago não pode fazer isso! Eu sou o monstro da eletricidade! Eu!
- Quieto! – Disse Nimbus, estalando os dedos, fazendo com que o monstro ficasse mais calmo – Está na hora de dizer “tchau, tchau”, monstro!
- NÃO! Nimbus não pode fazer nada comigo! NÃO PODE!
 O monstro se levantou e empurrou Nimbus até uma pilha de lixo, fazendo com que Cristal fosse correndo até o mago.
- Há! Há! Nimbus se acha tão forte agora, garoto dos truques das cartas? – Disse o monstro, andando na direção do mesmo e da deusa.
- Bom, eu acho! – Disse uma voz feminina atrás do monstro. A voz dela lembrava vagamente o uivo de um lobo.
- Nós achamos, Frankenstein! – Disse Murilo, rindo. Mesmo que não tivesse compreendido de imediato, percebeu que Nimbus havia desativado algumas de suas atividades cerebrais para que não atrapalhasse as coisas.
- Entidade e Principe estavam mortos! – Disse o monstro, se atrapalhando um pouco – Não podem estar vivos!
- Se você quer tanto saber se estávamos mortos... – Murilo disse, rindo, fazendo Cristal esboçar um sorriso – Que tal ir visitar eternamente o Mundo Inferior?
- Você não pode fazer nada com Frankenstein, Principe! – Disse o monstro, começando a emanar eletricidade, começando a brilhar.
- Pode até ser que não, mas entenda, “Frank”... – Disse Male, uivandoNós podemos!
 De repente, uma matilha de lobos, cães e coiotes surgiu atrás da garota, se preparando para atacar o monstro.
- Cães? – Disse o monstro, rindo – Eles não podem fazer nada comigo! NÃO PODEM!
- Não? – Male disse, mostrando os caninosAo ataque!
 Todos os seres caninos – inclusive ela e Murilo -, foram em direção ao monstro, o atacando ferozmente, e, incrivelmente, ele não conseguia criar suas rajadas de eletricidade.
- O que está acontecendo com Frankenstein? Frankenstein não consegue lançar eletricidade!
- E nunca mais vai conseguir, Frankenstein! – Disse Nimbus, sorrindo – Estou diminuindo as suas atividades cerebrais... Não vai poder fazer isso ou qualquer outra coisa!
- Você não pode fazer isso! Não...
 O monstro para de se debater e cai no chão, fazendo com que todos que o atacavam se afastarem, exceto Male.
- Quanto tempo ele vai ficar assim, Nimbus? – Perguntou a garota, enquanto acariciava um lobo esbranquiçado.
- Se você já quiser fazer as honras... Ele tem muito poder mental, mesmo que não pareça, é difícil mantê-lo inconsciente, e, eu não quero fazer nada, ah, pior...
- Entendi...– Disse Male, estendendo o braço que não acariciava o lobo, fazendo com que algumas raivas começassem a circular entre o monstro, o prendendo e, aos poucos, se transformando em várias camadas de madeira. Um card fixado começou a brilhar na armadura de Male, ela havia conseguido dominar o monstro e, se quisesse, podia de juntar a ele.
- Mago, não é por nada, mas ele não é fraco, não vai poder quebrar a madeira ou mandar eletricidade?
- Não, Murilo... – Disse Cristal, entendendo o plano – Madeira retém eletricidade e, pelo que pude perceber, o Nimbus absorveu para si próprio boa parte de suas atividades cerebrais e eletricidade... Ele nunca mais vai poder criar ou manipular os raios, não deve nem se lembrar do que aconteceu com ele até agora...
- Mas e se ele conseguir fazer alguma coisa? – Perguntou Murilo – Ele é perigoso demais! Se o Nimbus não estivesse aqui, dificilmente íamos conseguir vencê-lo...
- Isso é um problema para depois! – Disse Nimbus – Ele vai ficar assim por, pelo menos, alguns milênios... Esses troncos são da energia de Mary Nix, dificilmente um mortal ou até mesmo um titã possa quebrá-los...
- Quebrar? – Perguntou uma voz masculina atrás deles – A única coisa que queremos quebrar... SÃO VOCÊS!
 Então pessoal? O que acharam? Quem serão esses novos inimigos? Será que Frankenstein vai ficar quieto por muito tempo? Quando será que Male vai se “juntar” a ele? Tchau pessoal!

Novidade - Banda P9!


Hello, lindosss e lindasss!!!
Essa semana eu tive uma das maiores emoções da minha vida! (Tá ok, não é pra tanto… quando fiz o meu primeiro filme foi o máximo!)
Mas então… Eu fui convidada para o show da revelação do Pop: a banda P9!!! Fomos eu e Lulu e curtimos d+++!!! Ao final do show entregamos nossa revista e convidamos os meninos a virem para Liberta!!! Será que eles pintam por aqui? OMG! \o/\o/\o/
Para quem ainda não conhece a P9 (se pronuncia em inglês, fofos: Pi naine!!!), vamos às apresentações!!!
Da esquerda para direita: Gui, Igor, Michael e Jonathan.
Gui é um fofuxo! Ele canta desde os 15 anos e toca vários instrumentos! O Igor escreve poesias e é um dos compositores e também toca vários instrumentos, os pais são músicos e o que não falta é talento! O Jonathan toca percussão e também é campeão de jiu-jitsu.  O Michael toca desde os 9 anos de idade e já se apresentou em vários festivais.
P9 faz referência ao Posto 9 que é um ponto de encontro da orla carioca, que traduz a alma dos cariocas. Eles reúnem a natureza e os esportes ao ar livre e a paixão pela música. Vamos acompanhar e ver eles brilharem com toda certeza!!!
A boyband já vem sendo comparada com a 1D e vem trilhando carreira internacional! O disco foi produzido em Nova York e será lançado em breve! Então, preparem-se! They’ll rock our world!
O show foi pura animação, eles são supertalentosos e não pararam nenhum momento. A galera tava superempolgada e já sabia todas as músicas! A Lulu conseguiu gravar o primeiro single deles  ”My favorite girl”, que toca na novela Salve Jorge. Ai, que delícia!!!
E aí, galera? Curtiram o P9? Comentem aqui embaixo!
Para saber mais sobre eles, acessem o site oficial e o Facebook;)

Beijos, fofis!

Mauricio de Sousa no Agora é Tarde com Danilo Gentili



Olá pessoal! Antes de ontem (19/04), Mauricio de Sousa participou do programa Agora é Tarde com Danilo Gentili.
 Além de Mauricio estavam presentes também alguns de seus filhos,tanto reais quanto os das histórias em quadrinho.Mauricio falou sobre os 50 anos da Mônica e dos eventos que já aconteceram e que ainda vão acontecer.Falou também do recente lançamento do gibi do Neymar Jr.
 Foi uma entrevista divertida e muito criativa pois contou com pequenas encenações com participação dos integrantes do programa e a turminha do Mauricio aprontando uma grande confusão.
Danilo preparou uma festa surpresa para a dentuça e cantou parabéns para ela junto com o mestre dos quadrinhos.
Confira tudo no vídeo a seguir.

Fonte: TMJ Wallpapers

sábado, 20 de abril de 2013

O Mundo Imaginário de Mônica 2 - Episódio 45


Olá pessoal! Aqui é o Victor com mais um capítulo de O Mundo Imaginário de Mônica 2, o 45º capítulo, e, é lógico, eles têm que enfrentar um novo inimigo, mas, cada vez mais, as forças do império divino – que estava caindo – está se manifestando e, pelo que parece, Male não vai poder contar com a ajuda dos deuses... Confiram:
  Eles corriam por um antigo centro do reino de Moni Kaa, antes era florido, com grande população mística – elfos, duendes, silfos, fadas, etc – e construções majestosas, mas agora se transformara em um grande aterro sanitário, com lixo espalhado por toda a sua expansão, com monumentos quebrados – principalmente os de Moni Kaa e Ivdbrasuil, que deixava Cristal com ainda mais raiva de Bianca – e construções caídas. Podiam-se ver mortalhas semitransparentes ao redor de algumas ninfas e sátiros, que eram protegidos por Aan, deusa da agricultura, que protegia os guardiões da natureza. A luz da lua cheia iluminava sombriamente a cidade.
 Por sorte, não havia ninguém vivo – além deles – naquela parte da cidade.
- Meus pais! Meus pais, não! – Disse Cristal, batendo suas asas, enquanto lágrimas escorriam pelo seu rosto, percebendo toda a atmosfera triste do lugar – Ela não podia ter feito isso! Não podia!
- Gata, não preocupa... – Disse Murilo, também correndo e desviando de um pneu velho que Frankenstein havia jogado sobre ele – Eles estão ajudando Moni Kaa... Nós vamos...
- Galera, não é por nada, mas, podem deixar para conversar depois? – Disse Male, que materializara uma prancha de troncos de árvores, que ia se levitando – Tem um monstro tentando nos matar aqui, esqueceram?
- Ninguém se esquece do Frankenstein – Disse o monstro, que pulava na direção dos mesmos. Estava apenas alguns metros atrás de Nimbus. O monstro pegou um monumento caído de Fran Rá e o atirou no ilusionista, que se desviara, mas acertando de raspão suas pernas, que sangravam, mas não o impediam de levitar, mesmo que diminuísse sua velocidade aérea
- Nimbus, anda logo! – Disse Cristal, preocupada – Nós não vamos conseguir fugir dele pelo resto da vida... Estamos em maior quantidade! Temos de lutar!
- Não, deusa! – Disse Nimbus – Falconi fez uma experiência arriscada até mesmo para um deus! Teve que travar uma guerra interna com Bastet para que vocês pudessem se recuperar, gastou grande parte de seu poder...
- Mas ele é onipotente sobre os mortais! Pode usar nossa vida para recuperar os seus poderes, Nimbus, não tem nada de arriscado nisso! – Disse Murilo.
- Murilo, - disse Male, que ia fazendo “zigue-zague” com a prancha, se desviando de lixo e ataques do monstro – uma vez Eez me disse que onipotência é um termo relativo, que eles não são totalmente onipotentes, tem certo poder sobre a sua criação, Falconi, por exemplo, não pode nos controlar totalmente, nós temos livre arbítrio, por exemplo...
- É, mas ele manda os anjos, seus mensageiros para nos auxiliar – Disse Nimbus, completando o que a entidade disse. Ele se levitava pouco mais rápido, enquanto lançava alguns monumentos quebrados de Mary Nix no monstro, mas, mesmo que a estátua pesasse mais de sete toneladas, o monstro parecia ter forte resistência.
– *Os deuses...* - Pensava Cristal - *será que Alma estava certa? Será que até mesmo meus pais preferiam uma mortal á própria filha?* Pessoal, não vai adiantar fugir! Enquanto perdemos tempo com esse morto-vivo, Bianca fortalece as suas tropas! Os deuses estão caindo! O elo mágico está se quebrando!
- Como você s-sabe disso, filha de Ulliz? – Perguntou Nimbus, que agora corria pelo chão, deixando sua perna sangrar.
- Eu encontrei a guardiã de... Eu encontrei uma pessoa em Aaru e, bem, ela me mostrou algumas coisas...
- A-A guardiã da vidência... *e do Pithos de Mary Nix!* - Pensou Nimbus, mas preferia esconder a parte sobre o “pithos”, já que Cristal podia não saber sobre o que ele estava falando e aquilo podia atrapalhar Murilo e Male – Pessoal, Cristal está certa! LUTEM PELOS DEUSES!
 Disse Nimbus, gritando de dor, sendo acertado por um grande guarda-roupa. Ele caiu deitado no chão, e o monstro o ignorou, perseguindo Male, Cristal e Murilo.
- Gr... – Disse Male – Ele está certo! Nós precisamos lutar!
 Disse Male, se virando para o monstro, que sorriu, conseguindo, enfim, a luta que tanto desejara.
- Frankenstein vai ter desafio! – Disse o monstro, falando de si mesmo na terceira pessoa – Frankenstein vai matar!
 Ele pulou até a frente de Male, rachando o chão entre eles, fazendo a garota cair da prancha, ajoelhada no chão. Uma pilha de lixo desabou nos arredores dos mesmos.
- Entidade venceu meus amigos! – Disse o monstro – Mas entidade não vai vencer Frankenstein!
- Não? – Perguntou Male, cerrando os punhos, fazendo a sua prancha de quebrar – Eu já estou cheia de todos me subestimando! Eu sou a Escolhida de Ulliz! A hospedeira de Ivdbrasuil! A tenente de Moni Kaa!
- A rainha dos deuses já desapareceu e a “anjinha” sabe o que aconteceu com os pais, não sabe? – Disse o monstro, ignorando os “títulos” da entidade – Isso vai ser uma luta entre eu e você... Sem deuses...
- Agora você propõe justiça? Vocês destruíram todas estas ninfas, sátiros e silfos! – Disse ela, apontando para as mortalhas semitransparentes que cobriam os elementais protegidos de Aan – Você não pode me obrigar a fazer isso...
- E acha que eu quero fazer isso? – Disse o monstro, rindo da garota confusa – Você pode até ter uma tola fieldade aos deuses, mas eles não podem mais te ajudar! Estão lutando a própria guerra! Estão perdendo todo o poder!
- Você não está certo! – Gritou Male – Os deuses não vão cair sob o poder titã! Os deuses sempre vencem os titãs! SEMPRE!
- Isso aconteceu há milênios, garotinha! Mas agora eles estão mais fortes... O caos está mais poderoso!
 Disse o Frankenstein, que segurava Male pelo braço – que começara a sangrar e a inchar. Cristal e Murilo, incrivelmente, estavam paralisados, mas, mesmo que tentassem, não conseguiriam se mexer.
- Por que não conseguimos nos mexer? – Perguntou Cristal. Ela estava parada no ar, mesmo que suas asas não batessem – Pare com esse feitiço, Frankenstein! Nós não vamos desistir!
- Como eu disse, essa é uma luta sem deuses, apenas um contra um... Bel-Xá estava me ajudando a cumprir a minha palavra, paralisou o corpo de vocês, e tenham cuidado, indolentes! Continuem com a petulância e vão continuar assim até a morte, palavra de Frankenstein!
- Bel-Xá? – Perguntou Male. Mesmo que Cristal fosse a mais experiente se referindo dos deuses ou “mitos”, ela se lembrava de alguns nomes – Mas ela é foi das principais aliadas dos deuses na primeira titanomaquia...
- Entidade não entende nada! Titãs e deuses trocam de lado para o que acham melhor! Bel-Xá só foi importante naquela guerra, mas depois não teve maior poder ou domínios, nem ao menos lhe rendiam sacrifícios, titã Falconi trocou de lado por achar que os deuses venceriam assim como na primeira guerra, mas ele está enganado!
- Ela é a apenas a deusa corpórea! Não pode nos impedir de usar os nossos poderes! – Disse Murilo, gritando. Ele estava em pé, com um braço estendido. O abdome sangrava.
- Em situações normais, não, mas ela evoluiu! Com o aumento de seu poder, pode até mesmo paralisar todos os movimentos de todos os seres, até mesmo os deuses, não é, Cristal?
- Gr! Eu sou uma deusa! – Disse ela – Ela não pode me paralisar por muito tempo...
- Tente se mover, tola! Gastará tempo e energia! Há! Há! Há! Nunca vai conseguir...
- Cristal, Murilo, eu vou resolver isso, afinal, ele não quer sofrer a humilhação de três pessoas, quer dizer, ele é tão fraco que apenas uma pessoa basta...
- Acha que Entidade pode enganar Frankenstein? – Disse ele, apertando ainda mais o braço de Male, mas a soltando. Seu braço estava pouco inchado e sangrava. – Você vai se arrepender por isso!
 Ele tentou pisotea-la, mas ela criou um campo de força de energia natural, a protegendo, mesmo estando caída. Ela suava enquanto materializava aquele campo de força e o monstro pisava, mesmo que ele não usasse toda a sua força.
- Isso, entidade! – Ele disse, enquanto encarava Cristal e Murilo - Entidade vai esgotar a própria energia! Não vou fazer esforço algum!
- Não... Não... – Ela rolou para o outro lado e desfez o campo de força, fazendo o monstro bater o pé fortemente no chão, provocando algumas rachaduras no solo. Ela se levantou e fez algumas árvores cresceram ao seu redor.
- Legumes? – O monstro disse, rindo – Já enfrentei algo pior, isso não vai demorar nem cinco minutos!
- Então, se quiser resumir tudo e desistir agora, já pode... – Disse Male, se levitando entre as árvoresFORÇA MONSTRO!
 Disse ela, enquanto uma armadura alvonegra – preta e branca – se materializava em seu corpo. As árvores ficaram com os troncos semitransparentes e as folhas negras. Ela estalou os dedos e as árvores começaram a se movimentar, se tornando “monstros”, que avançavam no ser esverdeado.
- Árvores, ATAQUEM! – Disse ela, gritando de dor e de raiva ao mesmo tempo. O monstro ia jogando algumas delas para o lado, mas algumas se cravavam em seu corpo.
- Saiam! Saiam! – Disse ele, tentando as empurrar, mas não conseguia. Male tentava ajudar as árvores, mas percebia que seus poderes estavam mais fracos com a morte dos elementais da terra.
 Male estalou os dedos e um card surgiu entre seus dedos. Era o lobisomem, que brilhava em tom dourado. Ela apertou a carta e uma rajada de “chamas” brancas a cercaram. Quando as chamas cairam, Male estava em uma forma híbrida entre um lobo e a sua forma humana. Seus olhos eram negros. Estava com um focinho, estava com garras – não afiadas -, seus sentidos haviam melhorado.
- L-Lobisomem? – Perguntou Cristal. Mesmo sendo uma deusa, nunca havia visto algo como aquilo.
- Lobisomem... Força Suprema!
 Então, pessoal, o que acharam? O que será que aconteceu com o Nimbus? Cristal e Murilo vão ficar paralisados sem poder ajudar Male? O que será que Male vai fazer com a forma evoluída do lobisomem? Não percam o próximo capítulo! Tchau pessoal!                                                                                                

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Capa da Turma da Mônica Jovem #57 - Veneno Virtual


Oi pessoal! Voltei com uma super novidade!! Bom, vocês devem saber que ontem foi divulgada a capa de estréia da HQ "Neymar Jr.", não é? E hoje, foi divlgada... A Capa da TMJ #57!
 Entitulada "Veneno Virtual", a edição deve ser protagoniada pela Mônica ou por alguns dos personagens principais... Percebam que na capa, todos estão rindo da Mônica, menos o DC - Que está com a mesma roupa da Turma da Mônica Jovem 29 (Mundo Do Contra, parte 1). Confiram:
#VENENOVIRTUAL
Super legal, não é? Espalhem a Hashtag! E perguntando mais uma vez, será a Denise quem está espalhando as fofocas ou seria muito óbvio? Será que o DC vai ter uma participação importante? É isso... Tchau pessoal!

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Segunda parte dos Previwes de "Laços"


Oi pessoal! Aqui é o Victor com mais uma novidade! A segunda parte dos previews de "Laços", de Vitor e Lu Caffagi... Eles, assim como a primeira parte, foi postado no twitter do Sidney Gusman... Bom, as imagens, assim como as primeiras, parecem estar super legais... E reparem que este cão na primeira imagem deve ser o Bidu, e será que esse macaco de pelúcia vai ter algum outro papel? Quem será que eles vão estar procurando? Confiram:




Legais, não é? E agora, um comentário de Carlos Saldanha (diretor cinematográfico, animador, produtor e dublador) sobre a obra de Lu e Vitor Caffagi com os personagens de Mauricio de Sousa... Confiram:
 Super legal, não é mesmo? E é isso pessoal... Se tivermos mais informações sobre a Graphic Novel, postaremos aqui... Tchau pessoal!